Feridas Fundamentos da Técnica Operatória

Profilaxia do tétano em feridas: Não espere acontecer para tratar!! Poderá ser tarde demais!!

Profilaxia do tétano em feridas: Não espere acontecer para tratar!! Poderá ser tarde demais!!

Apesar do tétano, atualmente, ser uma doença bacteriana muito rara, um fato não mudou!! ela não deixa de ser uma enfermidade altamente letal, que pode levar 1/3 dos casos ao óbito. Por isso é fundamental que profissionais da saúde estejam aptos para resolver quaisquer meios para impedir o acontecimento desta doença. Exatamente por isso, que VOCÊ não vai fazer diferente, não é mesmo?? Após ler este post, você estará hábil para solucionar o problema quando ele aparecer.

Mas como identifica o tétano?

TODO, eu disse TODO paciente da emergência que apresente ferida aberta está sujeito ao tétano até que se prove o contrário, através da correta avaliação do trauma e da história vacinal.

Feridas sujas, mordeduras, fraturas expostas, com presença de corpos estranhos e/ou tecidos necróticos e queimaduras, todas elas são de alto risco para infecção de tétano, independentemente de seu tamanho, inclusive de ferimentos superficiais, sendo todos com presença de esporos do Clostridium tetani, essas bactérias liberam uma neurotoxina que atua nas terminações nervosas induzindo contraturas musculares intensas, podendo ser letal em humanos até em concentrações baixas. Você sabia que é nessa toxina que a vacina contra o tétano atua?? Exatamente!! Ela não atua na bactéria!!

Então como faço para prevenir o tétano?

vacinação é a única forma de proteção. Para uma imunização adequada, em caso de ferimento, é preciso ter tomado três doses de toxóide tetânico, tendo sido a última dose há menos de dez anos.

Me feri e não estou vacinado!!! E AGORA?

Em todo ferimento suspeito, após ser feita a remoção de tecido necrosado e de corpos estranhos, deve ser limpo lavando abundantemente com água e sabão e depois com o soro fisiológico, além de ser debridado amplamente mas principalmente atuando no sentido profilático, empregando técnicas corretas de antissepsia.

Segundo o Ministério da Saúde, essa lavagem também pode ser feita utilizando soro fisiológico, substâncias oxidantes ou antissépticas, depois da lavagem inicial.

MAS ATENÇÃO!! O uso de Penicilina Benzatina, na profilaxia do tétano acidental, não é eficaz.

Já o uso de vacina e/ou soro contra o tétano na ocasião de acidentes com ferimentos deve ser orientado com base na história pregressa de vacinação antitetânica relatada pelo paciente ou seu responsável e pelo tipo de ferimento ocorrido, em conformidade com o quadro abaixo:

Imunoglobulina antitetânica humana (Ighat). Soro antitetânico (SAT) derivado de cavalos

Fique ligado no nosso blog! Serão sempre postados mais informações para você ficar constantemente atualizado.

Nos acompanhe!! Acesse a nossa Loja virtual da SutureSkin: www.sutureskin.com.br e adquira nossos simuladores para você ficar craque na sutura.

Thainá Lins

Fonte: Ministério da saúde.

You Might Also Like